Logomarca do 2º RN Cidades

Municípios Brasileiros: debate sobre a situação estrutural e os desafios enfrentados pelos gestores é tema no 2° RN Cidades

Para um debate complexo e que precisa de atenção para o Brasil contemporâneo, uma das propostas do 2° RN Cidades é colocar em pauta a situação dos municípios brasileiros, estruturalmente, tendo como temática na programação: Análise Estrutural da situação dos municípios brasileiros, caminhos e perspectivas de futuro. Quais ações e passos de atuação dos gestores diante dos cenários? Essa análise pode ser dividida em várias dimensões, incluindo aspectos socioeconômicos, infraestrutura, saúde, educação, segurança, sustentabilidade e outros fatores que impactam diretamente o desenvolvimento local, o que propõe inúmeros desafios para Gestão Pública

Os números do último censo mostram o Estado do Rio Grande do Norte como segundo melhor IDH – índice de Desenvolvimento Humano, com uma população estimada em 3, 3 milhões de habitantes, dentro da federação de 26 estados e um distrito o Rio Grande do Norte é o décimo sétimo estado mais populoso do Brasil e a maior renda per capita da região Nordeste e a melhor expectativa de vida do Norte-Nordeste, chegando a 76 anos, a nona maior do país. Estes resultados abrem espaço para um amplo debate, com vieses na oferta e na execução de políticas públicas, nos indicadores de educação, saúde, assistência social, trabalho, indústria e orçamento fiscal, subsídios para custear as demandas da sociedade.

Diante do cenário Brasileiro, como podemos avançar em políticas públicas que garantam a sustentabilidade dos municípios, em tempos que os desafios para os gestores são cada vez maiores, dada a complexidade dos acontecimentos climáticos, pandemia, no âmbito executivo, reforma tributária, novos impostos, cortes de verbas, e recursos escassos.

Levando em consideração o cenário atual trouxemos algumas abordagens sobre o tema para complementar a proposta deste debate.

Desafios Atuais:

Desigualdades Regionais: Municípios enfrentam disparidades significativas em termos de desenvolvimento econômico, acesso a serviços públicos e qualidade de vida.

Desafios Sociais e Econômicos: Questões como pobreza, desemprego, falta de moradia digna e acesso limitado à saúde e educação representam obstáculos persistentes.

Infraestrutura Deficiente: Muitos municípios sofrem com infraestrutura precária, incluindo estradas, saneamento básico e habitação.

Impactos Ambientais: A gestão inadequada dos recursos naturais e a falta de políticas sustentáveis podem resultar em problemas ambientais, afetando diretamente as comunidades locais.

Caminhos e Perspectivas de Futuro:

Inovação e Tecnologia: A adoção de tecnologias inovadoras pode otimizar serviços públicos, melhorar a eficiência da administração e promover a transparência.

Desenvolvimento Sustentável: A implementação de práticas sustentáveis, incluindo energias renováveis e políticas ambientais, é essencial para um futuro equilibrado.

Parcerias Público-Privadas: Colaborações entre setores público e privado podem viabilizar investimentos e melhorias significativas em infraestrutura e serviços.

Capacitação e Educação: Investir na capacitação dos gestores e na educação da população é fundamental para promover uma governança eficaz e o engajamento cívico.

Atuação dos Gestores:

Planejamento Estratégico: Desenvolver planos estratégicos de curto, médio e longo prazo que levem em consideração as características específicas de cada município.

Participação Cidadã: Envolver a comunidade nas decisões locais, promovendo audiências públicas, consultas populares e canais de comunicação abertos.

Captação de Recursos: Buscar parcerias e recursos financeiros em esferas estaduais, federais e internacionais para viabilizar projetos de infraestrutura e desenvolvimento.

Monitoramento e Avaliação: Estabelecer indicadores claros para avaliar o progresso e ajustar as estratégias conforme necessário.

Em resumo, a análise estrutural da situação dos municípios brasileiros exige uma abordagem holística e integrada, com foco na promoção do desenvolvimento sustentável, equidade e participação cidadã. Os gestores desempenham um papel crucial na definição de diretrizes e na implementação de ações que possam garantir um futuro mais próspero e justo para as comunidades locais.

Participe do 2º RN Cidades, inscreva-se.

As inscrições são gratuitas.

Texto: Fernanda de Freitas/Jornalista/IPZ

Local do evento:
Centro de Convenções de Natal
Via Costeira Sen. Dinarte Medeiros Mariz, 6664-6704 - Ponta Negra, Natal/RN
Abrir mapa
Patrocínio:
Logomarca da 1Doc Softplan
Logomarca da Sebrae
Logomarca da Caixa Econômica Federal
Logomarca da Governo do Estado
Logomarca da Banco do Nordeste
Logomarca da Assembleia Legislativa
Logomarca da Editora Futura
Logomarca da SOGO Tecnologia
Logomarca da FTD Educação
Logomarca da Desk Móveis Escolares
Logomarca da Neoenergia COSERN
Logomarca da Banco do Brasil
Logomarca da Correios
Logomarca da APFORM
Logomarca da SERPRO
Logomarca da Governo Federal
Logomarca da REPREMIG
Logomarca da AGAPE
Apoio:
Logomarca da CAERN
Logomarca da CREA-RN
Logomarca da Mutua
Logomarca da FIERN
Logomarca da IFRN
Logomarca da Ministério da Saúde
Logomarca da Potigas
Logomarca da Prefeitura de Mossoró
Logomarca da Prefeitura de Natal
Logomarca da TCE RN
Logomarca da UFRN
Logomarca da UNDIME RN
Organização:
Logomarca do Instituto Paulo Ziulkoski
Realização:
Logomarca da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte
Associações Microrregionais:
Logomarca da AMSO-TR – Associação dos Municípios do Seridó Oriental e Trairi
Logomarca da AMLAP – Associação dos Municípios do Litoral Agreste Potiguar
Logomarca da AMS – Associação dos Municípios do Seridó
Logomarca da AMOP – Associação dos Municípios do Oeste Potiguar
Logomarca da AMCEVALE – Associação dos Municípios da Região Central e Vale do Açu Potiguar
Apoio institucional:
Logomarca da CNM
© Copyright 2024 Femurn / IPZ. Todos os direitos reservados.